sábado, 5 de dezembro de 2009

Um dos Mestres


Hoje, lual de Nando Reis no Cabanga- há como eu queria estar lá...

[No Recreio- Nando Reis]
"Quer saber quando te olhei na piscina se apoiando com as mãos na borda fervendo a água que não era tão fria e um azulejo se partiu porque a porta do nosso amor estava se abrindo e os pés que irão por esse caminho vão terminar no altar Eu só queria me casar com alguém igual a você E alguém igual não há de ter então quero mudar de lugar eu quero estar no lugar da sala pra te receber na cor do esmalte que você vai escolher só para as unhas pintar quando é que você vai sacar que o vão que fazem suas mão sé só porque você não está comigo? só é possível te amar... seus pés se espalham em fivela e sandália e o chão se abre por dois sorrisos virão guiando o seu corpo que é praia de um escândalo, charme macio que cor terá se derreter? que som os lábios vão morder? vem me ensinar a falar vem me ensinar ter você na minha boca agora mora o teu nome é a vista que os meus olhos querem ter sem precisar procurar nem descansar e adormecer não quero acreditar que vou gastar desse modo a vida olhar pro sol, só ver janela e cortina no meu coração fiz um lar o meu coração é o teu lar e de que me adianta tanta mobília se você não está comigo? só é possível te amar ouve os sinos, amor só é possível te amar escorre aos litros o amor."